Grupos de risco do novo coronavírus

14 de maio de 2020 by Redação Santa Tereza
31550-1200x800.jpg

Você sabe quais são os grupos de risco do novo coronavírus, conhecido como covid-19? A equipe do  Hospital e Maternidade Santa Tereza explica que, dependendo das doenças dos portadores, a infecção pelo vírus pode levar à maiores complicações. Entre os grupos estão portadores de doenças crônicas como diabetes e hipertensão, asma e indivíduos acima de 60 anos. Confira!

Asmáticos

Além de contribuir com o aumento de crises de asma, o vírus pode aumentar os sintomas respiratórios de um paciente asmático. A asma é uma condição em que as vias aéreas de uma pessoa ficam inflamadas, além de produzirem muco extra, o que dificulta a respiração. Para esses pacientes, o recomendado é que, caso não exista suspeitas de infecção por covid-19, o uso de medicamento para asma seja contínuo conforme orientação médica.

Diabéticos

De acordo com o Ministério da Saúde, a diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. Essa doença enfraquece o sistema de defesa do organismo e, por isso, deixa o individuo mais suscetível ao vírus e as complicações pelo novo coronavírus.

Hipertensos 

De acordo com o Dr. Roberto Abdalla Filho, cardiologista intervencionista do HST, é sabido que a doença cardiovascular é a principal causa de óbito no Brasil e no mundo, portanto, toda atenção para o seu diagnóstico precoce e tratamento adequado deve ser mantida. Além disso, pacientes com problemas no coração possuem maior probabilidade de desenvolver complicações através do novo vírus, já que a infecção pode deixar o coração mais fraco.

Idosos

Os idosos estão entre as pessoas com maior índice de complicações, já que o organismo de pessoas acima de 60 anos possui maior dificuldade para combater o vírus. Desta forma, eles estão mais suscetíveis a sofrer complicações durante o combate ao coronavírus no organismo. Além disso, esse grupo também possui alta taxa de doenças crônicas e cardiovasculares.

Fumantes

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o tabaco causa diferentes tipos de inflamações e prejudica o mecanismo de defesa do corpo. Por isso, o tabagismo é um dos fatores de risco para a covid-19. Além disso, outros fatores do ato de fumar influenciam nas chances do paciente desenvolver sintomas graves da doença, como:

  • Os fumantes têm maior risco de infecção por vírus, bactérias e fungos;
  • Os fumantes são acometidos com maior frequência, por infecção como sinusite, traqueobronquites, pneumonias e tuberculoses;
  • O tabagismo é a principal causa de câncer de pulmão e importante fator de risco para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entre outras doenças.

Atenção!

As pessoas que sofrem com rinite alérgica não estão entre o grupo de risco do novo coronavírus. Porém, é importante que elas sigam as orientações de prevenção do Ministério da Saúde e utilize soros fisiológicos duas vezes ao dia para a lavagem das narinas.

 





Hospital e Maternidade Santa Tereza


PRONTO-SOCORRO 24H

(19) 3733-4333



ATENDIMENTO AMBULATORIAL

Seg a sex, das 8h às 18h.
Sábado, das 8h às 12h.



AGENDAMENTOS

(19) 3733-4345.
Seg a sex, das 8h às 18h



HOSPITAL/PRONTO-SOCORRO

Telefone Central: (19) 3733-4333.
Rua Bernardino de Campos, 804
Centro – Campinas,SP



CENTRO CLÍNICO AMBULATORIAL

Rua José Paulino, 1248,
Edifício Goiás,
Centro – Campinas, SP



Siga-nos

Nossas Redes Sociais




Hospital e Marternidade Santa Tereza – 2019.
Todos os Direitos Reservados.